acesso aos clientes

Esta seção é restrita a
clientes.

Entre com os seus dados e tenha acesso a sua central de rastreamento online

Você está em >

NOTÍCIAS

30 de Maio de 2014

Dados mostram altos índices de recuperação.

O mercado de rastreamento e gerenciamento de riscos nasceu para coibir o roubo de veículos e cargas.

Em 2013 - picos histórico no número de roubos e furtos - foram registradas 32.1 mil ocorrências. Como base de comparação, entre 2005 e 2013, 563 mil tentativas de roubo/furto foram frustradas graças à ação de equipamentos antifurto e/ou das centrais de monitoramento. 
 
  • • Esse número de tentativas frustradas representa uma economia de R$ 27 bilhões, recurso que para as empresas beneficiadas significa mais investimentos, expansões, criação de empregos e geração de renda. 
  •  
  • • Em todos esses casos, a mobilização de recursos públicos de segurança foi completamente evitada, tornando os efetivos disponíveis para outras ocorrências e economizando ainda mais dinheiro. 
  •  
  • • Do período de 2005 a 2013, em 149 mil eventos de roubo/furto de veículos monitorados houve a recuperação total dos veículos, graças à ação dos rastreadores e dos serviços prestados.
 
Nesses casos, o prejuízo que teria sido causado se os bens tivessem sido tirados de circulação e comercializados em mercados paralelos teria sido de R$ 6,2 bilhões. Esse prejuízo foi, portanto, completamente evitado. 
 
Os veículos recuperados até 2013 se distribuem da seguinte maneira:
 
 
Em relação ao mercado de proteção de cargas e veículos, os números são ainda maiores: 
 
  • 3,6 milhões de cargas gerenciadas, no valor de R$ 681 bilhões
  •  
  • • Desse total, 1,2 milhão de cargas tiveram algum tipo de sinistro detectado e não chegaram à consumação do evento de roubo/furto, em decorrência da ação dos equipamentos e/ou das Gerenciadoras de Riscos. 
  •  
  • • Em todos os casos, não houve avaria ou perda em qualquer veículo ou carga. Na grande maioria dos casos os agentes públicos não precisaram ser acionados, o que resulta em economia adicional de recursos públicos de segurança.
 
Fonte: http://www.gristec.com.br/ - Associação Brasileira das Empresas de Gerenciamento de Riscos e de Tecnologia de Rastreamento e Monitoramento.

 

veja outras notícias